O conselho de administração da Companhia é o órgão de tomada de decisão responsável pela formulação e implementação das diretrizes e políticas gerais dos negócios da Companhia, incluindo as estratégias de longo prazo. O conselho de administração também é responsável por nomear e supervisionar os diretores. O conselho de administração também é responsável por contratar auditores independentes externos. A maioria das decisões do conselho deve ser aprovada pelo voto majoritário dos conselheiros presentes.

De acordo com o estatuto social da Companhia, o conselho de administração deve ter no mínimo 5 (cinco) e no máximo 10 (dez) membros. Os conselheiros são eleitos na Assembleia Geral Ordinária para um mandato de dois anos, podendo ser reeleitos ou destituídos a qualquer momento pelos acionistas em uma assembleia geral extraordinária. De acordo com as regras do Novo Mercado, pelo menos 20% dos membros do conselho de administração devem ser membros independentes, o que significa que nenhum desses conselheiros: (i) tem qualquer vínculo direto com a companhia, exceto na qualidade de acionista; (ii) é um acionista controlador, cônjuge ou pelo menos parente de segundo grau de um acionista controlador, nem está atualmente nem esteve vinculado a uma companhia ou a uma entidade relacionada detida por um acionista controlador nos últimos três anos; (iii) foi funcionário ou conselheiro de companhia controlada por um acionista controlador ou entidade controlada pela companhia nos últimos três anos; (iv) foi fornecedor ou comprador, direta ou indiretamente, de serviços e/ou produtos da companhia de uma forma que comprometeria sua independência; (v) foi empregado ou administrador de uma companhia ou entidade que está oferecendo ou solicitando serviços e/ou produtos da companhia; (vi) é cônjuge ou pelo menos parente de segundo grau de qualquer administrador da companhia; e (vii) recebeu qualquer remuneração da companhia além do pagamento pelos serviços na qualidade de conselheiro (dividendos provenientes de participação acionárias estão excluídos dessa restrição). Cada um dos conselheiros da Companhia precisará concordar em cumprir os regulamentos do Novo Mercado e as regras da BM&FBOVESPA.

Todos os direitos reservados Tenda 2017